Liberato Produções Culturais
domingo, 16 dezembro 2018
Ritos de Passagem

Blog Liberato

Diário de Bordo, RITOS DE PASSAGEM, o filme

por candidaluzliberato@gmail.com em 16/12/09 às 11:36

Está faltando carga dramática. Esta carga dramática, esta frase piscapiscada desde que uma idéia pisca a tentação de um roteiro. E o roteiro pisca a tentação de convencer um júri. E o júri concede o voto de confiança para desenvolvimento do roteiro: está aí o doce pântano da criação aos seus pés ( ou ele lhe engole ou vc. domina ele e de cambulhada otras cositas que vc. achava que não podia). Então a frase fará parte do chão que vc. pisa, nada definitivo, nem um pouco firme, está faltando carga dramática. E o que é preciso fazer? Drama, ora! Sentido, suado, vivido, impregnado na vida dos personagens, inocular drama seja qual for a dor. Sem esquecer que ninguém é de ferro, nem personagem de um roteiro de cinema. No meio do drama, que não é questão de sangue e porrada necessariamente, mas conflito, coisa que a linguagem cinematográfica passa num simples piscar de olhos a depender do diretor, há que distender os músculos pra respirar, quem sabe o perfume de uma flor( alguem falou que um dia o filme exalará seu perfume?), quem sabe no riso que aflora do choro mais doído da mocinha desiludida, quem sabe da vida que é nossa e a gente transfere para o personagem, mudando nomes e situações para que toda e qualquer semelhança seja mera coincidência. É isso aí, camaradas aprendizes.

Comentários

Kenia Brant 02/07/12 09:48
Boa Noite... Quando teremos acesso ao filme na íntegra? Aguardo... um abraço kenia
candidaluzliberato@gmail.com03/07/12 09:40Prezada Kenia, ainda nao temos data definida para o lançamento do filme RITOS DE PASSAGEM. Assim que definirmos junto com o distribuidor, lhe avisaremos. Grata
Antonio Junior 20/05/10 10:07
Toda carga dramática de uma obra audiovisual decorre do seu roteiro e de sua direção. Não tem como um ator ou um desenhista colocar carga dramática em uma cena cujo roteiro não prevê esse drama e no qual um diretor trabalha com sua visão própria para elaborar essa cena. Ritos de Passagem tende a ser uma bela obra, mas a costura de roteiro, direção e produção tem que ser muito bem cosida (com s mesmo, porque não estamos cozinhando), para que a obra seja entendida e apreciada. Estamos escrevendo juntos mais um capítulo da história do cinema na Bahia e da animação no Brasil. É um trabalho impregnado de emoções de todos os involvidos, mas a emoção que precisamos tem que estar no texto, para passarmos para a tela e dela pular para o público.
Marcelo Vitz 12/03/10 03:51
Concordo com Mateus. E além disso, a rotina no trabalho colabora também para o nosso aprofundamento no tema do filme, o que nos enriquece bastante.
Mateus Matos 28/01/10 05:57
Acho que cada dia que passa, a equipe se aprofunda mais na vivência do trabalho e com isso cada um colabora com sua própria "carga dramática", que apenas faz enriquecer o protejo.
Alba Liberato 26/01/10 05:45
O dia em que os primeiros atores são convocados à bordo para fazerem as primeiras gravações de voz. O que cada um captou por conta própria, somando significados aos diálogos. A adequação ou não das vozes escolhidas aos seus personagens. A capacidade de cada ator em deixar-se trabalhar para a nova experiência, trazendo como retorno a clareza e leveza do texto como expressão genuína da alma do seu personagem. Fascinante, para a equipe permanente e para cada ator que assoma ao convés disposto a navegar o trecho até o próximo porto.
Alba Liberato, roteirista 17/12/09 06:25
Chico,autor parceiro comigo deste trabalho, é seu maior entusiasta, e eu sei a quanto esforço o entusiasmo conduz, incluindo as noites sem sono, os engarrafamentos diários após se aposentar de serviços bem prestados na cultura baiana, de forma a atender a estrutura sui generis do nosso estúdio dividido em parte minúscula de onde saem os desenhos capitaneados por Chico e a equipe propriamente dita, onde se estendem todas as tarefas subsequentes. Chico assina ponto agora em sua propria empresa, haja pique!
Chico 16/12/09 01:43
O nosso trabalho é audio-visual. Esperem o filme ficar pronto e todos terão a oportunidade de vivenciar a força dramática e poética que uma bôa narrativa, a expressão autentica de uma cultura autógena vivenciando com muito interesse os processos significativos da nossa História.

Deixe seu comentário

DESENVOLVIDO POR BDGWEB © 2007. BDGBRASIL. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS bdgbrasil